01

Ser mãe: Tudo sobre minha Depressão Pós Parto

Gente, esse é um post que me traz a memória um momento muito ruim da minha vida, mas que me deixa feliz, por poder compartilhar o que eu vivi com vocês e é claro, poder vir a ajudar a alguém que precise!

Foi um momento super complicado na minha vida, mas Deus é muito bom e me ajudou a superar tudo isso. É claro também, com ajuda de profissionais e medicamentos, para que meu corpo e minha mente pudessem voltar ao normal.

Esse problema não é brincadeira e nem frescura e deve ser levado muito a sério. A tristeza que sentimos deve ser considerada e observada de perto, para saber se ela passou de um simples babyblues para uma depressão. É claro que há muitas outras fontes de informação detalhadas sobre a doença, mas aqui eu conto minha experiência real, verdadeira e detalhada.

Digo para vocês, se estiverem sentindo algo assim, procurem ajuda. Se estiverem grávidas, deixem as informações para uma emergência, pois esse sentimento é algo que não podemos prever, infelizmente e nem prevenir. É claro, que um super apoio da família + um momento feliz e reconfortante em casa ajudam e muito para que o sentimento não evolua para uma depressão, mas nunca sabemos.

No meu caso, como não tenho meus pais, por mais que tinha ajuda de outras pessoas, acredito que esse tenha sido um grande agravante em minha situação, mas como já disse, não importa a sua situação, há tratamento, basta acreditar e buscar.

Enfim, toda a história no vídeo ok?

Neuro: Dr. José Amilton – Contato: 2692-1116
Psicóloga:  Rose Soler – Contato: 2694-4435

Espero ter ajudado.

Beijos




1 comentários

Adicione o seu

Postar um novo comentário