0,,69808246,00

Coisas que o pai não deve fazer durante a gravidez

Esse é um tópico difícil de se abordar, porque nem sempre todos tem a mesma opinião ou concordam com o que eu penso, mas mesmo assim, acho que vale a pena falar.

Essa fase é tão difícil para a mulher e muda tanto seu corpo e consequentemente seu humor, que o seu relacionamento inevitavelmente também muda um pouco.

Você se sente menos atraente e ao mesmo tempo quer manter aqueles momentos gostosos com seu marido, e ao mesmo tempo fica brava e todas as emoções acontecem ao mesmo tempo, além da mudança no seu corpo, muitas vezes para pior. Ou seja, o melhor é que o marido saiba de tudo isso e possa ajudar com sua compreensão e carinho não é?

barriga1

 

Então, vamos as coisas que o marido NÃO deve fazer durante a gravidez:

 

1. Falar com ênfase ou brincando como seu corpo mudou. (Fora a barriga é claro)

Você já se sente vulnerável e sabe de todas as mudanças. Ver alguém as apontando para você vai só te fazer sentir mal.

 

2. Não ajudar a mãe a decidir nada ou então a ver as necessidades do bebe.

Você precisa de ajuda neste momento, mas além da ajuda, o companheirismo e o partilhar das emoções do momento são o mais importante.

 

3. Não se mostrar feliz ou empolgado com o fato de seu bebe estar ali.

A mãe sente uma ligação muito forte com seu filho desde que é concebido, pois está no seu corpo. Não dá para esquecer nem por 1 minuto, e é claro que é normal que os pais não se sintam iguais, mas é importante demonstrar como isso é importante para ele, tanto quanto para a mulher.

 

4. Não entender as mudanças de humor da mãe.

É claro que ninguém vive de exageros não é? Não dá para se aproveitar da situação e fazer o pai de gato e sapato, mas é sempre bom que eles tenham em mente que por conta de toda essa mudança e novidades, nós gravidas ficamos com as emoções a flor da pele sim, então, quanto mais compreensivo melhor. Não leve a mal, mas mesmo assim amamos vocês!

 

5. Não compartilhar com a mãe seus sentimentos e sonhos para o bebe.

É muito importante que a mãe sinta que o pai pensa no seu filho e que tem sonhos e planos para ele.
Além disso, é super importante que da mesma forma que o pai entende os sentimentos da mãe, que a mãe possa entender como o pai se sente sobre tudo e então estar ao lado dele para suportá-lo seja como for.

 

6. Não mostrar para a mãe que ainda a acha bonita.

Acredito que nessa fase, o casal se sinta mais estranho no contato físico ou mesmo nos carinhos e elogios entre si.
Já tem alguém entre eles e então, nada será mais o mesmo, mas não se pode deixar essa situação esfriar a relação do casal.
Criar uma conexão de carinho e amor durante a gravidez, é importante para que se perdure depois do parto e que o bebe nunca seja o motivo de afastar os pais.

 

7. Não compartilhar com a mãe as finanças do casal em relação ao seu filho.

É importante que a mãe saiba bem como será o planejamento de gastos com o filho e que o casal esteja em total sintonia em relação as decisões que precisam ser tomadas sobre o assunto. Assim, é evitado os sustos e desavenças por este motivo.

 

É claro que devem ter muitas outras questões a serem abordadas, mas são essas para mim, as que são mais importantes e relevantes no momento.
Não pensem que o Léo fez tudo isso e por isso coloquei aqui, não não, ele é um amor e por mais que as vezes possamos passar por umas coisinhas e outras, ele tenta ser o melhor marido e pai do mundo.

O que acham?

 

Bju bju




Sem comentários no momento

Adicione o seu